Giro da Notícia

Seis cidades de AL ainda não solicitaram recursos da Lei Aldir Blanc

No último dia para o cadastramento dos planos de ação na Plataforma + Brasil, seis cidades de Alagoas ainda não solicitaram os recursos previstos pela Lei Aldir Blanc para apoiar a cultura brasileira. São eles: Branquinha, Chá Preta, Estrela de Alagoas, Jaramataia, Mar Vermelho e Roteiro. Ao todo, o Ministério do Turismo já destinou para os municípios alagoanos mais de R$ 20,8 milhões e R$ 33,7 milhões para o estado, totalizando mais de R$ 54 milhões.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, pediu engajamento aos municípios alagoanos para que todo o setor cultural possa ser atendido. “A Aldir Blanc foi uma importante ação do governo federal para atender o setor cultural, fortemente afetado pela pandemia. Mas precisamos de 100% das adesões para garantir que um maior número de municípios receba o recurso. Precisamos fazer com isso chegue à todas as cidades e que possamos atender todos os artistas e espaços culturais brasileiros”, destacou.

Para o secretário Especial da Cultura, Mário Frias, o recurso direcionado para o município é essencial para dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido por esses espaços antes da pandemia. “Precisamos do apoio dos gestores municipais para que esse recurso chegue logo a esses locais que tiveram que ser fechados devido à pandemia. São eles que geram empregos e renda para milhares de famílias brasileiras”, pontuou.
Voltar Voltar Voltar ao topo da página Topo


Principal  |   Expediente   |   Sugestões   |   Anuncie

© 2021 Turismo & Negócios - Todos os direitos reservados

[email protected]