Busca:     

Quebrangulo a Palmeira

Alagoas terá trem turístico em homenagem a Graciliano

Estação ferroviária de Quebrangulo (AL), que será ponto final do Trem do Graciliano
Estação ferroviária de Quebrangulo (AL), que será ponto final do Trem do Graciliano
Alagoas deve receber o primeiro trem turístico do Nordeste com a inauguração de uma rota dedicada ao escritor Graciliano Ramos (1892-1953), autor do romance "Vidas Secas" (1937).

O trajeto ligará a cidade de Quebrangulo, onde ele nasceu, a Palmeiras dos Índios, onde viveu por pelo menos dez anos e foi eleito prefeito, em 1927. Ambas ficam a uma hora e meia de Maceió.

Segundo o idealizador do projeto, o gestor público David Maia, a ideia é aproveitar atrações culturais já existentes em torno da vida do escritor, como os museus dedicados à vida dele nas duas cidades. Além disso, os turistas também poderão conhecer a aldeia dos Xucuru-Kariri e confecções de rapadura, por exemplo.

Serão 28 quilômetros de ferrovia, que devem ser inaugurados em dezembro deste ano. Duas locomotivas com capacidade para 80 pessoas cada foram encomendadas, uma a vapor e outra a diesel. Ainda não há previsão de valores para o passeio.

Para o prefeito de Palmeira dos Índios, Júlio Cezar, o trem é um investimento de infraestrutura turística fundamental para desenvolver a região. “Participei de várias reuniões sobre o projeto, que interligará Palmeira a Quebrangulo. Em encontro com o então ministro dos Transportes Maurício Quintella, ele deu todo o apoio ao projeto, que beneficiará as duas regiões”, disse o prefeito.

E continuou. “Palmeira dos Índios já se projeta para um eixo importante da economia, que é o turismo. Estamos sendo consolidados para o voo livre, o turismo cultural, religioso, de aventura e também ecológico, buscando meios e formas de gerar empregos e fortalecer a economia do município”, explicou o prefeito Júlio.

O projeto existe desde 2003, mas foi interrompido depois de uma enchente no local, em 2010. O custo é de R$ 7 milhões, bancado pelas prefeituras de Quebrangulo e Palmeira dos Índios, pelo Ministério da Cultura e pelo Banco do Nordeste.

No final do ano passado, Júlio Cezar, o prefeito de Quebrangulo, Marcelo Lima, além de representantes da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (Cbtu) de Recife e do Rio de Janeiro, do Ministério dos Transportes, e o senador Benedito de Lira se reuniram em Palmeira para discutir algumas etapas que são fundamentais para que o trem possa circular entre os dois municípios. Eles também fizeram uma visita técnica às estações de Palmeira e de Quebrangulo para conhecer a realidade dos dois locais.

Existe outro trem turístico temporário, dedicado ao forró, que funciona entre Recife e Cabo de Santo Agostinho (PE) apenas no mês de junho. Com informações da Folhapress.
Voltar Voltar Voltar ao topo da página Topo


Principal  |   Expediente   |   Sugestões   |   Anuncie

© 2018 Turismo & Negócios - Todos os direitos reservados

[email protected]