Busca:     

Marcio no Mundo

Praia de Lages: um paraíso na Rota Ecológica de Milagres

Marcio Vital Valença, Advogado e blogueiro de viagens do site www.marcionomundo.com.br
Marcio Vital Valença, Advogado e blogueiro de viagens do site www.marcionomundo.com.br
Marcio Vital Valença
Advogado e blogueiro de viagens do site www.marcionomundo.com.br
Lages possui quilômetros de praias paradisíacas, areia branca, águas transpartes e azul estonteante
Lages possui quilômetros de praias paradisíacas, areia branca, águas transpartes e azul estonteante
A Praia de Lages é um paraíso com quilômetros de praias paradisíacas, areia branca, águas transparentes de um azul estonteante, cercada por milhares de coqueiros e várias piscinas naturais! Esse lugar realmente existe e fica localizado a apenas 105 km de Maceió, estrategicamente entre as já badaladas praias de São Miguel dos Milagres e do Patacho, no município de Porto de Pedras.

Essa região é conhecida como Rota Ecológica e se inicia na Praia do Marceneiro e vai até a Praia do Patacho! E possui várias das praias mais bonitas do Nordeste.

Como chegar na praia
A Praia de Lages fica a 105 km de Maceió, capital de Alagoas, e a 195 km de Recife, capital de Pernambuco. A estrada é bem conservada e o acesso ao município é relativamente fácil.

Partindo de Maceió, basta seguir pela AL 101 Norte, no sentido de Recife, e após o município de São Luiz do Quitunde; passa pela Usina Santo Antônio e, sem seguida, vira à direita no sentido de Barra de Camaragibe! A partir daí, siga até Passo do Camaragibe e depois até Barra de Camaragibe.

Mapa de Maceió para Praia de Lages
Mapa de Maceió para Praia de Lages
Chegando à Barra, siga até Porto de Pedras. Lá, o primeiro povoado é Tatuamunha. Vá em frente e, logo em seguida, chega-se ao povoado de Lages. No povoado de Lages, do seu lado direito, haverá uma entrada em paralelepípedo com a placa da Pousada Aldeia Beijupirá; entre nessa estradinha, passe a Pousada Beijupirá e logo em seguida chegue na Casa Rota Ecológica.

Quando ir para praia
A região possui basicamente duas estações: o verão e o inverno! O período mais badalado sem dúvida é o verão. Contudo, nesta época, as pousadas ficam lotadas e os preços aumentam um pouco. A região é bastante conhecida por ter um dos réveillons mais badalados do país, chamado "Tamo Junto". Neste período, a cidade fica lotada de jovens de todo o Brasil e as festas são maravilhosas.

Já o inverno possui chuvas e algumas pousadas aproveitam para dar férias coletivas, mas nada impede a visita nesse período! Já fomos algumas vezes e a chuva não atrapalhou em nada nossa programação. No inverno, a cor do mar muda um pouco e alguns restaurantes ficam fechados. Recomendaria ir entre os períodos de março a maio e de setembro a novembro, que não fazem parte da alta estação; os preços são mais tranquilos, e o tempo é maravilhoso.

Onde ficar hospedado
Ficamos hospedados na recém inaugurada Pousada Casa Rota Ecológica, que fica localizada à beira-mar da Praia de Lages! A pousada é linda, ideal para recarregar as energias com a mistura da simplicidade da região, conforto e boa gastronomia de uma pousada de charme.

A @casarotaecologica conta com 7 quartos, todos muito bem decorados e com ótimo espaço. Existem quartos duplos, triplos e até quádruplos. Na diária, está incluído um maravilhoso café da manhã individualizado, com várias opções de frutas, sucos, iogurtes, queijos, tapioca, cuscuz, ovos e pães.

Vista da varanda comum da Pousada Casa Rota Ecológica
Vista da varanda comum da Pousada Casa Rota Ecológica
Além disso, a pousada dispõe de uma ótima estrutura com deck de madeira onde é possível curtir e admirar a praia; sala comum; sobreiros e serviço de praia; SUP e caiaque; sala de meditação; Wi-Fi; Netflix; e serviço de reserva de passeios pela região.

A Casa Rota Ecológica possui uma ótima gastronomia com cardápio com opções de frutos do mar, aves e carnes. Provamos o polvo ao vinagrete, tilápia empanada, peixada e uma camarãozada: tudo estava simplesmente divino! Ainda existem várias opções de petiscos, saladas e drinks! Os preços são super justos.

Os funcionários são muito atenciosos e sempre lhe recebem com um largo sorriso no rosto; eles estão sempre à disposição para ajudar os hóspedes no que for necessário. Os donos, Gabriel e Fátima, são verdeiros afitriões que coordenam tudo para que os clientes se sintam em casa!

O que fazer na praia e em seus arredores
Recomendo passar no mínimo três dias inteiros para conhecer a região, pois existem inúmeras praias e vários municípios vizinhos interessantes.

1) Passeio para as piscinas naturais: a região, também conhecida como Costa dos Corais, possui a segunda maior barreira de corais do mundo, com uma vida marinha repleta de exuberância. Existem diversas piscinas naturais. Se estiver em alguma pousada, recomendo agendar o passeio direto com eles. O passeio custa em média R$ 50 reais por pessoa.

O nosso foi organizado pela Pousada Caso Rota Ecológica e ainda existe a opção de fazer um churrasco de lagosta ou peixe nas piscinas naturais! Isso mesmo... já pensou ficar nesse paraíso comendo uma lagosta e tomando um drink? Simplesmente perfeito!

Passeio do Rio Tatuamunha e do projeto Peixe-Boi
Passeio do Rio Tatuamunha e do projeto Peixe-Boi
2) Passeio do Rio Tatuamunha e do projeto Peixe Boi: esse passeio acontece bem pertinho da Praia de Lages. É lindo e é nele que se pode observar o peixe-boi, um dos maiores mamíferos aquáticos do mundo. A ida ao Rio Tatuamunha acontece praticamente todos os dias e custa R$ 35,00 reais por pessoa.

O percurso até até a chegada já é um atrativo à parte! A trilha é linda, passando no meio de um mangue com vários caranguejos entre alguns de muitos rios!

3) Passeio de bugre: esse passeio pode ser feito por dois roteiros: um pela Rota Ecológica, passando pelas principais atrações (São Miguel dos Milagres, Marceneiro, Patacho). Esse roteiro dura em torno de 4 horas e custa 180 reais para 4 pessoas; a outra opção é ir por Japaratinga e Maragogi - duração de um dia inteiro e custa em média 350 reais.

O que combina com Praia de Lages:
As praias da Rota Ecológica e do litoral norte de Alagoas são relativamente próximas uma das outras. Então, sempre é possível conhecer várias atrações numa mesma viagem. Isso porque a Praia de Lages fica bem perto de outras belezas naturais do lugar como Porto de Pedras (distante 6,4 km); Japaratinga (distante 15 km); Maragogi (distante 25 km); e a praia de São Miguel dos Milagres (distante 11 km).

Enfim, voltamos encantados e com as baterias recarregadas após conhecer esse paraíso chamado Praia de Lages. Na minha opinião é uma das mais bonitas e agradáveis de Alagoas e o fato de termos escolhido a Pousada Casa Rota Ecológica foi cereja do bolo da nossa experiência na região.

Depois de toda experiência, ficamos com a certeza de que a escolha pelo local foi a melhor que poderíamos ter tomado, ainda mais porque, agora, podemos indicá-la sem medo de errar.
Voltar Voltar Voltar ao topo da página Topo


Principal  |   Expediente   |   Sugestões   |   Anuncie

© 2017 Turismo & Negócios - Todos os direitos reservados

[email protected]